DICAS DE FILMES, LIVROS, BARES, PEÇAS E ESPETÁCULOS NO RIO DE JANEIRO

Arquivo para junho, 2011

Qualquer gato vira lata

Já que ultimamente a novidade é só filme no cinema, vai aí mais uma dica de uma garota que anda em falta com o blog.

Apostar em uma comédia romântica brasileira num fim de semana que poderia prometer pode ser uma manobra perigosa, mas o resultado foi positivo! O filme “Qualquer gato vira lata” já começa certo porque é estrelado pelo Malvino Salvador (um daqueles homens-escândalo) e ok, pela Cléo Pires. Bom, a história é de uma menina meio louca e obsessiva que namora um cara que come todas e ainda a ignora na maior cara de pau. Eles terminam e louca da vida ela tenta descobrir o que fez de errado. Eis que aparece um professor de biologia na vida dela, com uma teoria absurda de que no mundo animal o macho (independente do animal) foi programado para propagar a espécie e a fêmea tem o dever de conquistá-lo e conviver com isso de forma natural. Para esse professor falta apenas uma prova que permita sua tese ser publicada. Ela então vira a tese e ele tenta orientá-la para conseguir o antigo namorado de volta. Mela cuecaa! Mas engraçado! O final não vou contar, mas é isso mesmo que vocês estão imaginando…

Por Juliana Dargains


Chapeuzinho Vermelho e o Lobo Mal

A capa assusta mais do que o filme!

Domingo com Faustão não rola! Por isso, assisti a dois filmes (seguidos) que estavam em cartaz no cinema faz um tempinho: Sobrenatural e A Garota da Capa Vermelha.

Comecei pelo terrorzinho básico…básico mesmo! O Sobre… conta a história de uma família que acaba de se mudar para uma casa nova e descobre que abriga um hóspede do mal (no caso, um espírito). O filho mais velho do casal entra em coma do nada. Eles decidem se mudar da casa mal-assombrada, mas o hóspede vai junto. (Uma mala!)

Bem, eles fazem de tudo para descobrir o motivo do sono profundo de seu filho. É AÍ QUE TUDO FICA MEIO RIDÍCULO! O tal espírito do mal perde a credibilidade pra mim quando aparece: é um daqueles carinhas do mal do Star Wars, um que eu fiz questão de tirar fotos na Disney e por isso sofri preconceito de meus amiguinhos no colégio… É um Sith (joguei no Google, logicamente! Joga também!)

Bem, já posso dizer o que meu bonequinho achou disso tudo, né?! Perda de tempo para quem achou que ia levar uns sustos, porque tudo fica meio Terror em Silent Hill > que eu particularmente ODEIO! Monstros…

A Garota da Capa Vermelha...

A Garota da Capa Vermelho, com a Amanda Seyfried no papel da moderna Chapeuzinho Vermelho, eu gostei. Deve ser porque é um Crepúsculo Redux. rs* A Garota traz para as telinhas uma nova visão da fábula dos irmãos Grimm. O filme conta a história de uma jovem que vive numa vila medieval aterrorizada por um lobisomem e que se apaixona por um órfão (e lindinho) lenhador, o ator Shiloh Fernandez, para desagrado de sua família e de seus demais pretendentes. É bem açãozinha…O lobo querendo que a Chapeuzinho Vermelho se junte a ele…E o mistério: Quem matou Odete Hoitman?…Quem é o Lobo Mal?

Esse o meu bonequinho gostou, mas também não o fez aplaudir! Entre o garoto e a garota, ele fica com ela!

Por Marcelle Colbert

 

 

 


E que venha a quinta parte…com Tim Burton

E um filme com Depp tem como ser morno, como falam os críticos?

As críticas não estão muito do lado dele, mas eu estou! Piratas do Caribe – Navegando em Águas Misteriosas não é o melhor da sua série, mas com Jack Sparrow, o debochado Johnnynho Depp, vale a pena assistir ao quarto longa. Vi o filme da Disney em 3D, o que não achei tão sensacional, porque como em todos os longas em 3D, os trailers são mais interessantes.

Neste Piratas do Caribe, Sparrow (com cabelos mais claros, depois de um bronze) sai de Londres, onde apronta muito com os  soldados da realeza britânica, em busca da Fonte da Juventude. Ele acaba no navio do Barba Negra  e reencontra uma paixão antiga, Angélica, a Penélope Cruz. Ah…Jack se alia a Barbossa…E ainda tem a participação (segunda) do carinha que serviu de inspiração para Johnny: Keith Richards, que faz again o papito de Sparrow!

E que venha o Piratas do Caribe number five com a direção de Tim Burton, porque vamos combinar que  com Burton e Depp a química cinematográfica é FODA!

Meu bonequinho gostou, sim! E que se Da…&@#$ os críticos que dizem que o filme é morno.

:p > pra vcs!

Por Marcelle Colbert